20 fevereiro, 2014

Sobre filmes – A Menina que Roubava Livros

Oi coleguinhas! Eu aqui de novo. Venho agora falar sobre uma adaptação que está nesse momento passando nas telas do cinema. Para quem gosta de comer uma pipoca e se aventurar nas telonas....

Lançamento: 31/01/2014
Duração: 2 horas e 11 minutos
Direção: Brian Percival
Elenco principal: Geoffrey Rush, Emily Watson, Sophie Nélisse...

Gênero: Drama
Nacionalidade: EUA, ALEMANHA
Roteirista: Michael Petroni
Autor da Obra Princial: Markus Zusak

Sinopse
Não recomendado para menores de 10 anos

Durante a Segunda Guerra Mundial, uma jovem garota chamada Liesel Meminger (Sophie Nélisse) sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo (Geoffrey Rush), ela aprende a ler e partilhar livros com seus amigos, incluindo um homem judeu (Ben Schnetzer) que vive na clandestinidade em sua casa. Enquanto não está lendo ou estudando, ela realiza algumas tarefas para a mãe (Emily Watson) e brinca com o amigo Rudy (Nico Liersch).

***
O filme é narrado por uma personagem incomum, a Morte, e conta a vida de Liesel. Esta é a personagem principal, que é doada por sua mãe (comunista) a um casal, uma vez que está sendo perseguida por Hitler. Liesel não sabe ler, mas carrega um livro para todos os lados. Após aprender a ler, Liesel encontrará nos livros roubados a força para enfrentar uma Alemanha em guerra, para ajudar seus amigos e uma população temerosa.

Para quem já leu e ama o livro vê-se que o filme não deixa a desejar. Claro, não é cópia integral do livro. Mas, é uma das adaptações que menos fogem a obra literária. O filme se desliza entre o inicio da Alemanha nazista e a 2ª Guerra mundial. São praticamente duas horas maravilhosas de se passar. É um filme doce, apesar da amargura da guerra.
O livro foi lançado em 2007 contando com 480 páginas contagiantes (depois posto resenha) e narrado pela Morte. 
Hã? Morte? Como assim? Pois é, a Morte fala e é (como já disse) quem narra o livro. É estranho, mas a Morte da um quê diferente, não deixa ser só mais um filme comum de drama, além de que aguça a curiosidade de todos.
Bom não irei me estender porque se não gastarei linhas e linhas de elogio para o filme e o livro.
Só posso dizer que é um ótimo filme, não fugiu as minhas expectativas (que nossa, eram muitas! Foram 7 anos esperando o filme). Amei as personagens e achei que as escolhas dos atores foram bem feitas. Eles e encaixaram nas personagem, na trama. 
O que falar de Sophie Nélisse? Essa pequenina canadense, tem 13 anos e iniciou seu trabalho nas telinhas em 2010 interpretando Jeannette em  Les Parent. Já nas telonas sua primeira partição foi em 2011 no filme Monsieur Lazhar, como Alice. No papel de Liesel, parece que a atriz sempre foi  "Liesel" e nunca Sophie. Nossa eu AMEI a Liesel!

Amei o filme. É para chorar, para rir e para amar. Um filme lindo, encantador. Dá vontade de ver de novo! Super-recomendado para aqueles que amam um drama e para aqueles que amaram o livro (mas está com medo de assistir). 

Espero que gostem. Beijinhos!


6 comentários:

  1. Ainda não terminei o livro, e confesso que estava um pouco desanimada em continuar, mas depois de ler sua resenha e ver o trailer! To louca pra terminar o livro e assistir o filme! haha

    http://princesaantenada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Aline, fiquei muito feliz em saber que te animei. Outra obra muito boa é O Mensageiro, é um suspense do mesmo autor. beijinhos e boa leitura

    ResponderExcluir
  3. Amei o filme! Para quem leu o livro, não decepcionou nem um pouco, né?
    Me emocionei em várias partes...

    Beijos,
    http://patriciapinheirotextos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu queria muito assistir mas antes queria ler o livro que eu até tenho mas não consigo terminar de ler (chorando). Depois desse post fiquei com mais vontade de ver o filme haha. Um beijo!

    http://transbordandoglitter.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Izinha, vale a pena ler o livro antes. É mto bom. Bjs

      Excluir