21 março, 2014

Resenha: Antes que o mundo acabe - Marcelo Carneiro da Cunha

Livro: Antes que o mundo acabe
Autor: Marcelo Carneiro da Cunha
Editora: Projeto
ISBN: 9788585500665
Ano: 2008
Páginas: 138
Sinopse: Daniel é um garoto normal, em uma cidade normal. Mais ou menos normal. Afinal, ele tem uma namorada que não é bem namorada, um pai que não é bem um pai, e um amigo que - bom, não se pode contar tudo ainda -, é preciso ler o livro para conhecer a história do jeito certo. Só que num certo dia, uns envelopes começam a chegar, mudando a vida de Daniel e mudando tudo ao redor dele. Os envelopes vêm de um fotógrafo  e têm coisas para contar e mostrar.


Olá, pessoal! Tudo bem? Espero que sim. Estamos de volta com mais uma resenha. E bem, ao vasculhar na minha mente os livros que eu já tenha lido, eu resolvi escolher um que não viesse a ser tão veiculado e falado por muitos. Parece meio estranho assim para início de conversa, não que eu venha considerar esses livros tão falados como "modinha", nada disso, pelo contrário. Minha ideia é trazer para vocês um livro que não seja tão veiculado, se deve ao fato do conhecer novos tipos de assuntos, ou melhor dizendo, uma escrita mais brasileira, que é o caso do livro em questão nesta resenha. E também pelo fato do mesmo ser melhor divulgado e compartilhado entre vocês, pois esse é um livro de bastante informações e reflexão, e merece nosso olhar a explorá-lo.

Antes que o mundo acaba, para início, eu confesso, achava que seria mais um daqueles livros normais, com acontecimentos normais e contendo personagens normais. Mas me enganei completamente! Logo de cara, percebi uma narrativa bem jovem, bem situada no nosso dia a dia, e com personagens e acontecimentos, digamos, inusitados, o que torna a leitura prazerosa, chamativa e de fácil entendimento.

Daniel, o personagem principal vive numa zona onde se pode presenciar desigualdades, injustiças, certos tipos de violência na escola, etc, o que o deixa revoltado, sempre preocupado e disposto a mudar tudo. Criado pela mãe e pelo padrasto, ele vive numa casa tranquila, porém conturbada com os segredos de família até então encobertos, o que vem à tona mais adiante com a chegada de misteriosas cartas. O bacana dessas cartas, além de serem enviadas por alguém que gera bastante surpresa no leitor, é que as mesmas nos traz uma certa reflexão, sobre nosso mundo tão degradado, tão cheio de violência, injustiça, medo, se perdendo em meio ao caos de guerras e divergências. Em meio a isso tudo, ficamos mais atentos aos problemas do mundo, e que não importa se tudo esteja acontecendo longe ou perto, porque estamos ligados à globalização, algo que na narrativa se apresenta como algo que "deixa todo mundo igual", e de um jeito ou de outro estaremos sujeitos a essas crises e transformações, mas que podemos reverter esse quadro nem que seja registrando o que ainda existe vivo no mundo, com o intuito das futuras gerações desfrutarem de todo o contexto mundial, pela documentação histórica. E quanto ao resto dessa aventura, vai ficar por sua conta, caro leitor.

Leia, explore, aprenda, reflita, e bem rápido, antes que o mundo acabe.

Beijos!
Mateus Martins

~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário