24 março, 2014

Resenha: Tabuleiro dos deuses - Richelle Mead

Livro: Tabuleiro dos deuses (A Era de X #1)
Autor: Richelle Mead
Editora: Paralela
ISBN: 9788565530514
Ano: 2014
Páginas: 424
Sinopse: Justin March, um investigador de religiões charmoso e traiçoeiro, volta para a República Unida da América do Norte (RANU), após um misterioso exílio. Sua missão é encontrar os responsáveis por uma série de assassinatos relacionados com seitas clandestinas. Sua guarda-costas, Mae Koskinen, é linda, mas fatal. Membro da tropa de elite do exército, ela irá acompanhar e proteger Justin nessa caçada. Aos poucos, os dois descobrem que humanos são meras peças no tabuleiro de poderes inimagináveis.


  Oi, gente! Tudo bom?

  Hoje eu precisava compartilhar com vocês meu amor por um livro que eu terminei de ler ontem: Tabuleiro dos Deuses da Richelle Mead. Eu venho lendo Vampire Academy no kobo, tenho até gostado, mas nem de longe os 3 livros que eu já li da saga me impressionaram tanto quanto este.

  O "mundo" criado pela Richelle é tão completo, complexo e verossímil que ela criou um apêndice onde explica tudo o que aconteceu no mundo e resultou na vida que os personagens levam.
Esse ebook é grátis e pode te ajudar a decidir se você quer ou não ler o livro: Era de Xmas vai por mim, você vai querer. ;)

  Esse é um livro adulto e com um Q de distopia da escritora, por isso o linguajar não é dos mais educados e ele tem cenas calientes(para usar de eufemismos rs).A narrativa é ótima, achei bem escrito.

  Os pontos de vista são compartilhados pela Pretoriana Mae, pelo investigador Justin March e pela jovem panamenha Tessa Cruz.

  Com uma narrativa muito inteligente o livro te prende até a última página, com tiradas engraçadas e algumas bem reflexivas não é um livro bobo. Ele fala muito sobre religiões, sociedade, política, vícios, entre outras coisas.
Nessa nova sociedade em que os personagens vivem as pessoas não tem religião, os deuses são tratados como personagens fictícios e as seitas devem ter licença para exercer suas atividades.

  Houve miscigenação das raças (chamados de plebeus)  para criar indivíduos "geneticamente fortes" e vencer uma doença que assolou todo o país, mas existem pessoas "puras" em algumas capitanias (chamados de patrícios), mas que mostram sinais de "fraqueza" genética. Tudo muito genial, podia escrever parágrafos gigantes sobre este livro...

  O Dr. Justin March é chamado para trabalhar em um caso de assassinatos com toda uma cara ritualística. Não sabemos até quase o fim do livo o motivo o levou a ser exilado no Panamá, mas ele é um dos mais competentes e por isso é chamado de volta à RANU. Enquanto isso Mae se envolve em uma briga e é designada a trabalhar como guarda-costas dele. (Eu simplesmente ADORO a Mae, ela é muito badass).

  Espero que gostem tanto da leitura quando eu. Estou ansiosa pela continuação.

  Marquei diversas quotes, compartilho duas ao final da resenha.

" Sou um soldado da república. Não sirvo à minha vontade, mas à de meu país. Sou uma ferramenta e me alegro em dar a vida para proteger a glória desta nação..."


"(...) Ele franziu a testa ao olhar para a sala de estar, onde Quentin explicava à Tessa o recurso de mídia social televisiva que permitia aos espectadores ver na tela os comentários de outras pessoas que estavam assistindo ao mesmo programa ou filme. Tessa ficou intrigada, mas ao mesmo tempo confusa com o que entendia simplesmente como a necessidade das pessoas de acharem que estão conversando(...)"



Beijos e até a próxima!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

9 comentários:

  1. Olá May.
    Eu já vi muitas resenhas sobre este livro, mas confesso que estava com receio de ler, mas depois da sua resenha, fiquei com muita vontade de fazer essa leitura.
    Este livro tem um toque especial que adorei!
    Beijos!

    palacioliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cintia!
      Espero que goste tanto quanto eu.
      Eu fiquei positivamente surpreendida com esse livro!
      Depois me conta o que achou!
      Beijos!

      Excluir
  2. Não sou muito fã desse tipo de literatura, mas confesso que a resenha elogiou tanto que até fiquei com vontade de ler o livro rsrs. Abraços.

    O POETA E A MADRUGADA
    http://opoetaeamadrugada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Hey, Dênis!
      Eu achei um livro bem bacana, mas é curto literaturas do gênero rs
      o melhor é que não é um livro "mulherzinha" sabe..
      Gosto de personagens fortes e a Mae é assim...
      Beijinhos

      Excluir
  3. Oiiie!
    Adooooooorei a resenha.
    Sou apaixonada por este tipo de livro, e com certeza já está na minha wishlist!

    Beijos,
    Marcela.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! que bom!! :D
      lê e depois me conta o que achou!
      beijinhos!

      Excluir
  4. Oi.

    Eu me interesso por este livro, apenas pela capa rs, mas
    sua resenha me despertou vontade de ler e espero gostar dele.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Se você está dizendo que é tudo isso, eu acredito..rs. Eu adoro Academia de Vampiros, e pode ser melhor que isso?? rsrs Então tá, pelo que contou, e eu adoro histórias de distopias, parece ser um livro de tirar o fôlego, só achei que essa capa não ficou aquele UAU! Pelo menos para combinar com sua empolgação deveria ser mais bonita e impactante a capa..rs. Mas isso já é com a editora..rs. beijos.

    ResponderExcluir