22 abril, 2014

Sobre Séries: Arrow #1

Olá meus lindos. Eu tenho uma pergunta para vocês.  

Quem nunca leu histórias em quadrinhos?  Quem nunca ouviu falar em super-heróis? Batman? Liga da justiça? E o Arqueiro verde? 

É basicamente sobre isso que iremos falar. Os quadrinhos geralmente marcam o início de nossa saga literária. Então, porque não falar de um seriado de sucesso baseado nos quadrinhos. 
Vamos falar de um seriado bem atual. Arrow, que fala da saga do lindo, um dos super heróis que eu mais gosto. ARQUEIRO VERDE *-*
Vamos nos ater apenas na primeira temporada. Eu realmente não gosto de fazer misturebas.

O nome da série como vocês podem perceber é Arrow,  ou como alguns preferem falar, Arqueiro. 

Oliver Queen é o filhinho do papai, o playboy, lindo, maravilhoso que todas querem. De família rica e influente, seu pai decide sair em seu iate para uma viagem de negócios.  Logo, Oliver resolve de surpresa ir, com a irmã de sua noiva, para China com o seu pai. Só que Oliver não imaginava que tudo fosse dar errado.
Em alto mar, algo inesperado acontece, apenas sobrevivendo em uma ilha, como náufrago, sozinho Oliver. Que ficará por lá durante 5 anos. 
Ao conseguir sair da ilha Oliver terá que enfrentar, a desejo de honrar seu pai, uma sociedade milionária,  corrupta. Devendo esconder seu segredo de todos, esconder o quanto mudou e se afastar das pessoas que ama. O que Oliver não imaginava eram os desafios que ainda estavam por vir.


Eu chego a ser suspeita para falar porque eu sempre gostei do Arqueiro Verde, e eu adoro HQ de super-heróis.
Realmente no começo eu não dei a mínima para a série. E a deixei de lado. Ai,  por ocasião, assisti o 1º episódio de novo; prestei atenção e amei.
Alguns pequenos detalhes, que podem passar despercebidos,  fazem a série transcorrer de uma maneira levemente diversa do HQ. Mas, ao longo dos episódio tudo vai se encaixando.  E ai outras personagens vão, a sua maneira, se tornando importantes.
Surge também novos heróis.   
Também é importante ressaltar que Oliver está sempre relembrando os acontecimentos da ilha, assim, você começa a descobrir como ele foi se transformando em um novo homem.
As personagens são incríveis, realmente eu me apaixonei por todos que fazem o bem, cada um com seus aspectos diferentes, claro; mas não tem como você não gostar de alguns vilões, eles fazem muito bem seus papeis e tornam a série mais maravilhosa.

Quem faz a série ser maravilhosa:

  • Diretores: David Nutter, David Barrett, Glen Winter, John Behring e Michael Schultz
  • Produtores: Greg Berlanti, Marc Guggenheim, Andrew Kreisberg, David Nutter e Melissa Kellner Berman
  • Roteiristas: Andrew Kreisberg e Susanna Thompson
  • Elenco principal: 

Stephen Amell - Oliver Queen e o Arqueiro Verde 

Katie Cassidy - Laurel Lance 
Colin Donnel - Tommy Meryn 
Willa Holland - Thea Queen 
David Ramsey - John Diggle 
Emily Bett - Felicity    
Coltan Haynes - Roy Harper 
Manu Bennnett - Slade 
Susanna Tompson - Moira Quenn 
Paul Blckthorne - Detetive Quentin  Lance

Trilha Sonora:
Eu irei falar apenas sobre a trilha sonora do primeiro episódio, pois não vamos quebrar a graça da temporada toda (muitas vezes a música da um toque especial ao episódio) 
  • Apparitions – The Raveonettes; Babes – Icky Blossoms; Blow – Ke$ha; Levels – Avicii
  • C’mon Doll – My Goodness; Gloryhole – Trust; Hurricane II – Ume 
  • Outlaw – Jeremy Thurber; Playing In The Dark – Jeremy Thurber
  • We Are the Champions – Queen; Work Hard, Play Hard (Radio Mix) – Tiësto 

É um singelo relato da série que eu amo tanto.
Assistam, vocês irão gostar.
Beijinhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário