09 junho, 2014

Resenha: Garota, Interrompida - Susanna Kaysen

Oi, galera. Tudo bem?

Hoje eu vou falar um pouco sobre o livro que li para a maratona: Garota, Interrompida.

Na verdade o livro se trata de uma "biografia" falando sobre os anos que a escritora passou em um manicômio.

Ela explica como a vida dela funcionava naquele lugar, como e porque ela foi parar lá.

É um livro que te faz questionar um pouco sua sanidade e a sanidade das pessoas ao seu redor. Assim como é um livro que te faz questionar suas escolhas, seu comportamento e um pouco da sua vida.

Livro: Garota, Interrompida
Autor: Susanna Kaysen
Editora: Única
ISBN: 9788573128628
Ano: 2013
Páginas: 189
Sinopse: Quando a realidade torna-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade. Susanna Keysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era logo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é sanidade? 

Posso dizer que eu gostei, e provavelmente vou ler de novo. Eu acredito que é aquele livro que cada vez que você lê entende outras coisas, tem outras reflexões.

Eu ainda não vi o filme, mas pretendo ver.

Ahh! a música tema:


Beijinhos e boa semana!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário