06 julho, 2014

Resenha: O Cavaleiro da Morte - Bernard Cornwell

  Olá, tudo bem???
  Estou de volta e com mais um livro da minha tão querida e amada série Crônicas Saxônicas. Dessa vez com o livro dois O Cavaleiro da Morte que é para mim tão surpreendente quanto o primeiro, O Último Reino (resenha). Peguem seus elmos, escudos, espadas e escolhas seus lados; meus queridos leitores porque estamos de volta a guerra por Wessex.



Livro: O cavaleiro da morte (Crônicas Saxônicas #2)
Autor: Bernard Cornwell
Editora: Grupo Editorial Record
ISBN: 9788501075529
Ano: 2007
Páginas: 392
Sinopse: Uhtred é um saxão cuja herança foi usurpada. Está à deriva num mundo de fogo e traições e precisa fazer uma escolha: lutar pelos vikings, que o criaram, ou por Alfredo, rei dos saxões, que o odeia.São tempos terríveis para os saxões. Derrotados pelos vikings, Alfredo e seus seguidores sobreviventes procuram refúgio em Æthelingæg, a região a que ficou reduzido o reino de Alfredo. Aí, encobertos pela neblina, viajam em pequenos barcos entre as ilhas na esperança de se reagruparem, e encontrarem mais apoio.Ao reunir o Grande Exército, os vikings têm apenas uma ambição: conquistar Wessex. Quando atacam em uma escuridão impiedosa, Uhtred se vê surpreendentemente do lado de Alfredo. Aliados improváveis: um rei cristão devoto e um pagão que vive da espada. Alfredo é um erudito; Uhtred, um guerreiro cheio de arrogância. No entanto, a desconfortável aliança é forjada e os conduzirá dos pântanos para a colina íngreme, onde o último exército saxão lutará pela existência da Inglaterra.O CAVALEIRO DA MORTE é o segundo volume das CRÔNICAS SAXÔNICAS, série que apresenta a história do lendário Alfredo, o Grande, e de seus descendentes. Bernard Cornwell tece um belíssimo relato de lealdade dividida, amor relutante e heroísmo desesperado.

  Trata-se da continuação do primeiro livro, por isso, é meio difícil resumir sem dar um spoiler. Fico na dúvida, mas então pretendo me ater ao estilo de resenha tradicional e ir falando do livro e ao mesmo tempo contar um pouco dele para se ter "um pouco" dele.

  Uthred ainda é o nosso narrador, sua narração ainda continua distante. Assim, me atenho a primeira resenha para dizer que o estilo de escrita do autor não mudou. A leitura continua fácil e dinâmica. Principalmente, o autor não se perdeu nos acontecimentos do livro, não se embolou e não tornou o livro chato ou massante. 

  Esse segundo livro, é ótimo de ler. É como se o primeiro não tivesse terminado. Definindo o livro em uma frase: É UMA MAGNÍFICA CONTINUAÇÃO DO PRIMEIRO.

  O autor não se perde, o que é muito legal, ele sabe dar continuidade a trama e ao contexto histórico real sem deixar nada confuso. Uthred, em suas lembranças vai nos contando os acontecimentos e nos mostrando também a evolução de vários povos. Pois agora, não fala-se só em dinamarqueses e saxãos, fala-se também nos britânicos que inicialmente a tempos atrás perderam suas terras para os saxãos. 

  Uthred e Alfredo estão diferentes, porém ninguém perde suas raízes, não é?! Aparecerão também novas personagens, e claro haverá mortes e mortes. Wessex passará por guerra e paz ou será que nunca se terá paz?

  Podemos visualizar claramente, nesse livro, a força da palavra de um homem, de uma religião, a força da união. Ficou para mim uma mensagem muito importante: acreditar. Mesmo em suas fraquezas, todos os povos, envolto ao seu modo de ver as coisas acreditavam na sua força, na sua vitória.

  Claro, é apenas o segundo livro, e eu o considero um livro ponte; por isso talvez não tenha muito o que falar sobre ele. Acredito que o terceiro terá acontecimentos que me trarão uma facilidade de contar, resumi-lo sem contar fatos determinantes. Mesmo sento um livro de conexão, é muito importante, seus acontecimentos são instigantes, eu me emocionei, chorei, teve momentos que meu coração palpitava junto com as personagens. É cativante.

Em três palavras: INTERESSANTE, EMOCIONANTE, PERFEITO.  

Beijos!!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

Um comentário:

  1. Oi Line!!
    Não conhecia o livro ainda e gostei muito dele! Sem contar que a capa é linda!
    Amei seu blog e já estou seguindo!!

    Beijinhos
    Mirelle - meumundoemtonspasteis.com

    ResponderExcluir