10 novembro, 2014

Resenha: Eleanor & Park - Rainbow Rowell


Livro: Eleanor & Park
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
ISBN: 978-85-428-0125-5
Ano: 2014
Páginas: 328


Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos.
Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola.
Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e "grande" (ela pensa em si própria como gordo), é a filha mais velha de uma problemática família.
Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths.
Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

  Confesso que acho extremamente difícil começar essa resenha por motivos de: 
a) a sinopse resume muito bem a história, e acho que se eu tentar resumir mais, talvez eu acabe dando algum spoiler sem querer;
b) eu amei esse livro, e não consigo achar palavras suficientes para descrever o quanto ele é incrivelmente bom;

  Mas prometo que vou tentar...

Ele parou de tentar trazê-la de volta. 
  Eleanor & Park conta a história de Eleanor e Park (jura, Denise? Nunca iria descobrir se você não falasse! kkkkk). Park é um garoto de dezesseis anos, coreano, apaixonado por músicas e quadrinhos. É o filho mais velho de uma família, que podemos dizer que é quase perfeita. Park, como diz na sinopse, não chega a ser um garoto popular, mas consegue não ser incomodado pelos seus colegas.


  Já Eleanor é exatamente o oposto. Ela é ruiva, se considera uma garota grande. Ela vem de uma família nada perfeita, e considerada muito problemática.
Eleanor se veste com roupas esquisitas e muito largas, com acessórios nada convencionais, o que faz com que seja zoada pelos seus colegas assim que entra no ônibus escolar pela primeira vez.

  E assim que Eleanor entra no ônibus, ela se vê num dilema: onde vou sentar? Todos os colegas parecem se negar a deixar ela se sentar, até que ela vê que um garoto, que aparentemente foi bem indiferente com a chegada dela, lhe da espaço para que ela se sente do seu lado, e esse garoto se chama Park.


  No começo, ambos tem um certa relutância em conversarem, mas Park observa que Eleanor costuma ler seus quadrinhos junto com ele. E isso faz com que se crie uma rotina entre eles, Park passa a compartilhar seus quadrinhos com Eleanor. E depois passa a compartilhar suas músicas. E sem terem a mínima noção, eles começaram a escrever sua linda história de amor.

  O livro é narrado em terceira pessoa, com capítulos curtos onde os pontos de vistas são intercalados entre os dois protagonistas. A narrativa é bem leve e cheia de referências aos anos 80, já que o livro começa a ser narrado a partir de Agosto de 1986, como as músicas e as HQs.


  Como eu disse no começo da resenha, não tenho palavras para descrever o quanto esse livro me cativou. A escrita autora é contagiante e flui bem rápido, apesar de tratar, as vezes, de temas fortes, o livro não deixa de ser clichê. Mas o livro é bem fofinho, e ganhou um espaço no meu coração e na estante de favoritos. Recomendo ele de olhos fechados.

  Então é isso! Espero que tenham gostado da resenha, e se alguém já leu, gostaria de saber a opinião de vocês sobre o livro.

Beijos e até mais!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

19 comentários:

  1. Nunca li esse livro, mas parece bom. Adoro essas histórias "fofinhas". www.alemdolookdodia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é super fofinho mesmo!
      Beijos

      Excluir
  2. Ola Dee ainda não consegui ler esse livro devido a correria , mas leio muitos elogios a ele, fico feliz em saber que a autora tratou de maneira leve temas fortes , fazendo a leitura fluir bem. Já está em minha lista de leitura . beijos


    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Joyce! Leia, tenho certeza que não vai se arrepender.

      Beijinhos

      Excluir
  3. Oii,

    Esse é o livro que eu mais quero!
    Só leio resenhas positivas sobre a obra e espero que eu adore da mesma forma que você adorou *---*
    Eu gostei da resenha e já tava na lista, agora está na wishlist do amigo secreto SHUAHSUAHSUAH
    Estou super curiosa *-*

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Tem várias coisas nesse livro que me chamam a atenção, mesmo ele não fazendo meu estilo. Tenho uma amiga que amou Fangirl mas detestou Eleanor&Park assim como já vi muita gente pela blogosfera que aconteceu o contrário. O fato é: quero ler este livro e saber se vou gostar mesmo não fazendo meu estilo. Parece ser bem bacana, ainda mais sendo em terceira pessoa e com tantas referências interessantes. Fico feliz que tenha amado!

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  5. Não é meu estilo. Mas, ultimamente, tenho lido muitos livros que não fazem parte de "minha estante". Talvez eu venha ler, um dia, esse livro, tenho livro resenhas que dizem coisas boas sobre.
    Se ele não é excepcional, pelo menos não compromete. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oii, aida não li Eleanor & Park, mas a sinopse me chama bastante a atenção. Gosto de como essa relação deles inicia e parece ser algo simples e ao mesmo tempo profundo. Quero muito saber o desenrolar da história. Adoro o design do seu blog.
    Beijos
    http://poraodaliesel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oii Dee!! Para alguém que estava com dificuldade para falar do livro, você se saiu muito bem =). Bom, ainda não li o livro, mas morro de vontade, pois só leio ótimas resenhas. Parece ser um amor tão puro e bonito que a gente se sente totalmente envolvido. Acho essa capa maravilhosa :) e adoro as ilustrações que tem dos dois!!

    Beijinhos,

    Rafa

    ResponderExcluir
  8. Oi Dee.
    E quem é que não se apaixona por essa história?! To me controlando pra não deixar a expectativa
    lá no alto e acabar me decepcionando.
    Capítulos curtos e intercalados são meus preferidos, e pra melhorar traz referências aos anos 80, leitura necessária.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  9. Ai, Denise, sou completamente solidária a você. Também foi um parto escrever essa resenha porque, pelamor!, essa Rainbow foi muito inspirada pra escrever E&P. É um dos mais lindos que li na vida, no top 10 dos favoritos. Foi lindo acompanhar o desenvolvimento do sentimento tão inocente entre 2 adolescentes, ainda mais por conta da época em que viveram, quando a tecnologia ainda não era tão presente como hoje. Espero do fundo do coração que a autora escreva uma continuação, porque aquele final me deixou aflita!
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Denise
    Ainda não li o livro, mas é tanta gente elogiando a escrita e o desenrolar dos fatos que eu me pergunto o porquê de ainda não ter lido. Oportunidade é a resposta! Eu adoro a forma como o romance entre eles é construido e por isso me vejo fascinado de vontade de ler esta obra! Outro ponto que me interessa é a época em que a obra foi ambientada <3
    Adorei sua resenha!!

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Adoro capítulos intercalados, e sou praticamente uma maníaca pelos anos 80! rs... Então claro que quero ler! Esse livro cativa todo mundo, é impressionante, e todo mundo recomenda. Já comprei o meu, mas ainda não consegui encaixar na fila, infelizmente.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi Dee,

    Tenho lido muitos comentários positivos e tenho muita vontade de ler este livro, gostei muito do fato de ter narração intercalada. E quanto a ter dificuldade em fazer a resenha por ter gostado e a sinopse ser fiel à trama, isto também já aconteceu comigo e fico preocupada em revelar muito ou de não ser justa com a obra. rs.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Nossa flor! Acredita que não tinha nenhuma vontade le-lo? Agora com sua resenha fui fisgada! Estou apaixonada pela obra sem ao menos ler! Parece ser bem fofinho mesmo! Preciso ler urgentemente e conhecer um pouco dos anos 80!
    bjus

    ResponderExcluir
  14. Olá!!!
    faz um tempão que quero ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade (dinheiro). Até agora não li nenhum crítica negativa sobre o livro... deve haver algum motivo, né?!
    Só o fato de o livro fazer referência a músicas e coisas dos anos 80, já me ganha fácil, fácil rs.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Dee... tudo bem??

    Olha eu estou louca pela leitura desse livro.... estou com ele aqui piscando pra mim na minha estante e acho que ele vai ficar mesmo para janeiro.... mas desde o evento que fui da editora novo século e que eles me apresentaram esse livro... o modo como eles falaram fiquei bastante emocionada e muito interessada e por mais leve que ele seja é uma leitura que quero apreciar com muita tranquilidade e só vou estar assim no ano que vem... Xero!!!!

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Bom, eu ainda não tive oportunidade de ler esse livro, mas quero muito, pois todas as críticas são tão positivas *-* Imagino que vou amar a história e me encantar com os personagens oo/ Enfim, gostei da sua resenha oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Heey Dee, tudo bão?

    Achei muito interessante a temática do livro, em uma época em que estamos envoltos pelo clichê de romances trágicos, um pouco de normalidade faz bem pra variar. A estória data de uma época diferente, mas nem tanto, em que podemos ter um romance explorando as pequenas evoluções da sociedade humana e, QUADRINHOS <3 MÚSICA <3
    Eu simplesmente preciso desse livro!

    Sinceras beijocas,
    Luiz!

    ResponderExcluir