01 dezembro, 2014

Resenha: Laranja Mecânica - Anthony Burgess


Livro: Laranja Mecânica
Autor: Anthony Burgess
Editora: Aleph
ISBN: 9788576570035
Ano: 2004
Páginas: 224
Sinopse: Narrada pelo protagonista, o adolescente Alex, esta brilhante e perturbadora história cria uma sociedade futurista em que a violência atinge proporções gigantescas e provoca uma reposta igualmente agressiva de um governo totalitário. A estranha linguagem utilizada por Alex - soberbamente engendrada pelo autor - empresta uma dimensão quase lírica ao texto. Ao lado de "1984", de George Orwell, e "Admirável Mundo Novo", de Aldous Huxley, "Laranja Mecânica" é um dos ícones literários da alienação pós-industrial que caracterizou o século XX. Adaptado com maestria para o cinema em 1972 por Stanley Kubrick, é uma obra marcante: depois da sua leitura, você jamais será o mesmo.



  Ó meus irmãozinhos, eu vou dizer umas verdades horrorshow mesmo. Quando coloquei meus glazis nesse livro starre eu sabia que era dobi. Um pouco bizumini mas dobi.

  Então! Não, eu não fiquei doida! Estou usando o Nadsat.

  Esse livro é sensacional e ao mesmo tempo difícil. Difícil porque você tem que se acostumar com o Nadsat para ler. No fim do livro vem o dicionário, mas o autor escreveu para que você não lesse com o dicionário. É pra ser como se o Alex estivesse te contando a história da vida dele pessoalmente.

  Eu queria ter assistido ao filme antes de vir resenhar, mas acabou não rolando :( Eu gostei muito. Foi um livro que me fez ficar pensando nele muito tempo depois de ter terminado. Sobre bondade, violência, sociedade, maldade, livre arbítrio... Sobre um monte de coisas que a gente não pensa normalmente.

  Eu diria que é um livro desconcertante e o final é... simplesmente surpreendente. Extremamente conflitante... Tem que ler pra saber.


Beijos!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

20 comentários:

  1. Oi!
    Eu já ouvi falar muito dessa obra, principalmente do filme.
    Eu vi que a edição estava bem baratinha durante a Black Friday do Submarino, mas acabei nem comprando :(
    Mas vou ler o mais breve possível, e então assistir.
    É um clássico, me envergonho por não ter o feito ainda.

    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O LM é o meu filme favorito :3 mas nunca li o livro, ando a pensar comprar :3
    Beijinhos.
    http://aruivablog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Ola tudo bem?
    eu nunca tinha visto essa obra e nem o autor nem o filme
    Nao gostei muito na verdade nao gosto desse genero literario
    beijos
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  4. May lindona a premissa do livro não me chamou atenção e essa linguagem então, no momento vou deixar passar . beijos lindona

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Só por essa amostra da linguagem que você usou no início da resenha já sei que não quero ler... hehe... na verdade eu já desconfiava, a história não me atrai, mas você me ajudou a ter certeza. Mas que bom que gostou, e que o livro te fez ficar pensando nele por muito tempo depois da leitura.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Nossa, juro procê que nem sabia que tinha livro desse filme hahaha Normalmente não gosto muito de livro que é narrador-personagem, mas ja tive boas surpresas. Fiquei até curiosa pra ler esse daí, mas confesso que eu sou mais do tipo que curte ler pra relaxar, sabe? Gosto de romance bobinho e tal... Não sou do tipo que lê pra ser confrontada em minhas ideias e etc hahaha Cultura zero eu, ne? :p

    Ah, to curtindo seu blog no facebook! Curte a página do meu também? O endereço é: https://www.facebook.com/centrifugir

    Beijos e foi bom voltar aqui :P

    ResponderExcluir
  7. Oooi,

    Noossa que resenha mais instigante. Eu não conhecia o livro, mas eu achei tão curioso que vou comprar para compreender melhor.
    Gosto da sua resenha, simples e direta!!

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  8. Oi May, tudo bem?? Já tinha visto outra resenha desse livro, e fiquei super curiosa com a linguagem que o autor criou, e da forma como ele te envolve tanto na história que depois de algumas páginas você nem precisa mais do dicionário. Quero muito conferir e estou esperando para assistir ao filme depois de ler.

    Beijinhos,

    Rafa

    ResponderExcluir
  9. Olá

    Quase comprei esse livro na black friday porque a linda edição de capa dura comemorativa que normalmente custa os olhos da cara estava pela metade do preço, mas acabei me esquecendo de pagar o boleto e perdi a oportunidade. Está fora do estoque das lojas, mas espero que volte logo e em uma promoção boa porque eu preciso ler. Adoro o filme, adoro o Kubrick, adoro o Alex. PRECISO LER!

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, moça
    Que vocabulário mais louco esse do livro. kkk
    Ainda não li laranja mecânica nem li o livro ainda, mas espero fazer isso logo para poder conferir essa ótima distopia. Parabéns pela resenha, eu adorei as fotos também.

    Att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Boiei no vocabulário usado! hahaha mas achei genial a ideia do autor e beeem inovadora! Fiquei ainda bem mais curioso! E esse final? Okay. PRECISO DESTE LIVRO!! Finais desconcertantes são ótimos! :3

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, flor, tudo bem?

    Laranja Mecânica é um super clássico, mas não faz o meu estilo de leitura, infelizmente. Para quem curte o gênero, com certeza é uma ótima pedida, ainda mais com um final tão surpreendente

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi May, tudo bem?

    Laranja Mecânica é um clássico, todos querem ler. Eu ainda não li e quando fui na Black Friday a edição de 50 anos já estava sem estoque :/, mas pedi para meu amigo trazer da Comic Con Experience pra mim. Ainda não assisti ao filme, mas tenho vontade.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  14. Tem como não ficar curiosa depois da primeira frase dessa resenha?? Fiquei muito empolgada em ler, com certeza vai para minhas futuras leituras. Mas pelo jeito, é bom ler quando tiver um tempo sobrando, porque com certeza vou demorar para me adaptar à linguagem!
    Beijos
    http://poraodaliesel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, May!

    Ainda não li esse livro, mas quando o comprava na Black Friday. Estou com muita vontade de lê-lo e tê-lo em minha estante. Adorei a resenha, me fez ficar ainda mais curioso. Ah, amei também a xícara do Starbucks. Tenho uma igual <3

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá May.
    Interessante o autor usar de um vocabulário proprio. Só acho que pode tornar o inicio da leitura meio arrastado, até que você se acostume com as palavras diferentes. Enfim, não tenho muita curiosidade com esse livro, nao sei o porque. Acho que é mais facil eu assistir ao filme, e se eu gostar, ai sim pego o livro.

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  17. Uma amiga minha já tinha me recomendado esse livro mas ainda não encontrei por aqui na minha cidade, então terei que comprar pela internet mesmo u.u
    Mas sua resenha ficou ótima e as fotos também!
    Beijos!



    leehlivrosillustration.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi May.
    Eu gosto de enredos assim, que ficam grudados na gente, que marcam e ficam vivos mesmo com o fim do livro.
    Só não gostei dessa linguagem própria que o autor criou, acho que vou ter problemas, mas estou disposta a vencer isso e conferir essa história.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  19. Olá May,
    nossa eu achei a capa deste livro bem instigante. Sei lá, ao mesmo tempo eu achei diferente e gostei e noutro eu achei pesado e um pouco feio.
    Sobre a historia, eu não lembro de nenhum filme mas depois desta resenha vou procurar.
    E como assim ele proporciona dicionario, mas faz para que não lêssemos e lesse sentindo como se fosse ele contando?
    Sei lá, eu não entendi, mas vou procurar pelo filme, vai que eu entenda. rs

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  20. Oi May,

    Eu não assisti ao filme, nunca me chamou a atenção, mas fez enorme sucesso. Também não li resenhas sobre o livro, parece ser interessante e mais ainda o fato dele ter deixado você pensando sobre algumas questões durante algum tempo após a leitura. Sabe tem autores que conseguem fazer esta magia em nós leitores, mas claro que parte disso pode ser atribuído é do autor e parte atribuído ao nosso momento atual.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir