06 janeiro, 2015

Resenha: Eu, Robô - Isaac Asimov

Livro: Eu, Robô
Autor: Isaac Asimov
Editora: Aleph
ISBN: 9788576572008
Ano: 2014
Páginas: 320



Eu não vi esse livro como um livro de contos, eu vi como uma história narrada pela psicóloga roboticista que vivenciou as experiências do livro.

Eu vou chamar os contos de "passagens". Algumas passagens são muito bem vertidas, outras nem tanto,  mas no decorrer da história você sente que há uma evolução de contexto e personagens, por isso não chamo de contos. (Mesmo que originalmente eles tenham sido isso, contos)

Eu gostei bastante. É totalmente diferente do que eu estava esperando e ao mesmo tempo subjetivamente bem próximo do que eu esperava.


É um livro que traz bons questionamentos sobre a vida que levamos hoje, o que é sensacional, já que foi escrito há tanto tempo! Faz críticas sociais interessantes e algumas até mesmo religiosas. Vale a pena ser lido!

Ah!! Donavan e Powell são um show a parte! Adorei eles!
E a melhor passagem pra mim foi a "Mentiroso!" :D 

O projeto gráfico e diagramação estão sensacionais, mas o meu exemplar veio com erro de registro em um dos cadernos. Eu tentei registrar com a câmera mas não fui bem sucedida.

É isso!
Beijos e até a próxima!


~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

2 comentários:

  1. Não sabia que o livro era de contos. Há alguma relação com o filme com o WIll Smith?
    Abraços!

    www.rascunhocomcafe.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lara!
      eu ainda não vi o filme, rs shame on me. Está na minha lista. Assim que eu descobrir te conto ;)
      beijoss

      Excluir