14 fevereiro, 2015

5 motivos para ler a Trilogia Estilhaça-me



O primeiro livro da trilogia, Estilhaça-me, foi lançado em 2012 e o segundo, Liberta-me, foi lançado em 2013 e Incendeia-me foi lançado em 2014. Também temos dois livros complementares: Destrua-me (contado pelo ponto de vista de Warner) e Fragmenta-me (contado pelo ponto de vista de Adam), ambos lançados em e-book e antes dos lançamentos do segundo e terceiro livro. Escrito por Tahereh Mafi e tendo inspiração nos HQ’s de X-men. Não perca os cinco motivos para ler a história de Tahereh Mafi:

1. Gênero

É uma distopia! Esse gênero vem conquistando cada vez mais leitores desde a ascensão de Jogos Vorazes. Quem não ama distopias? Um jovem que começa uma rebelião contra um governo absolutista em busca dos direitos iguais. Receita básica de todas as distopias, mas a autora quis ir um pouco mais longe do que isso...

2. História

Já sabemos que é uma distopia, mas não é só por isso que ela atrai. No primeiro livro começamos dentro de um manicômio – não temos muita certeza do que aconteceu com o nosso mundo, sabemos apenas que agora ele é controlado pelo Restabelecimento – e que estamos longe das pessoas, porque carregamos uma maldição. Juliette é a protagonista do livro. Ela está presa naquele lugar há pelo menos trezentos dias e não tem certeza do que aconteceu ao mundo que ela acontecia por estar lá há muitos dias. Adam é um soldado treinado para matar e é designado a uma missão especial: socializar-se com Juliette. Logo depois ela é levada até o Setor 45, um dos quartéis generais mais importantes do Restabelecimento. E então a nossa história começa realmente: Juliette tem um poder muito especial, porém ela pode matar com apenas um toque. Ela está sendo tratada como arma, porém se apaixona pelo soldado Kent – o mesmo com quem dividiu sua cela por uns dias – e eles planejam uma fuga do quartel controlado por Warner.

No segundo livro eles conseguiram fugir e encontraram um abrigo peculiar. É onde Juliette entende que não é a única pessoa com poderes especiais. Inicia-se o processo de aceitação da personagem. E ela precisa decidir de qual lado está. 

No terceiro volume, depois de todas as loucuras acontecerem é hora da ação. A narrativa continua extremamente agradabilíssima, com algumas ressalvas sobre Adam. Os personagens fizeram escolhas que descordei? Fiquei frustrada com eles? Queria mata-los em alguns momentos? Sim, para todas as respostas anteriores. Mas apesar de tudo, Tahereh conseguiu fechar todos os pontos abertos e criar uma história fantástica. O desenvolvimento da história e o amadurecimento dos personagens melhora a cada livro e ela fechou com chave de ouro. Apesar de particularmente, não ter aceitado o final.

3. Personagens

Apesar de ter um triângulo amoroso entre Warner, Juliette e Adam, isso não atrapalha. Claro que há algumas cenas bem detalhadas sobre os primeiros toques entre os personagens, porque tudo é novidade para ela. Nunca poder tocar outro ser humano na vida e de repente ter opções é algo realmente tentador. Mas o foco não é apenas isso. Apesar de serem os protagonistas, a autora conseguiu dar características marcantes para todos os personagens, inclusive os secundários e aqueles que fazem algum tipo de participação especial. Todos são bem desenvolvidos. Todos foram importantes para o desenvolvimento da história e eles se completam. Isso acaba criando um vínculo muito forte entre eles e enquanto lemos, soltamos suspiros de felicidade, frustação e fofuras. São cativantes demais.

4. Sem decepção no segundo volume

O que acontece na maioria das trilogias, onde o segundo volume está lá apenas para fazer a história correr, não acontece em Liberta-me. Ele é o maior livro da trilogia e a autora usou todo o espaço necessário para vermos o amadurecimento dos personagens. Ele é surpreendente e quase me fez morrer de angústia na espera pelo último.

5. Escrita

No primeiro volume demorei um tempo para me acostumar com os trechos escritos assim. Foi bem frustrante no começo, porque o primeiro livro tem muitas partes escritas dessa maneira. Mas no decorrer da história entendemos a importância do rabisco. A autora usou muitas técnicas para deixar a escrita mais fácil. Capítulos curtos, narração em primeira pessoa e outros detalhes. A escrita é bem simples e te deixa cada vez mais entretido. O primeiro livro foi o mais chatinho, por causa do uso bem frequente do texto escrito assim. Pense em uma pessoa frustrada por ter que reler várias vezes a mesma frase para entender? Pois é, eu. As palavras dançavam na minha frente por causa da porcaria do rabisco em frases grandes com mais de três linhas. Isso foi extinto ao longo do caminho. Afinal, essa ferramenta era para separar o que era pensamento de Juliette da socialização. Mas é uma escrita simples e apaixonante.

Eu sou bem suspeita a falar sobre essa série que me conquistou em 2013. Demorei a ler porque eu sou muito ansiosa e queria ler o mais perto dos lançamentos possível. Não me arrependi. Evitei spoilers nesse post, mas é uma série que todos precisam conhecer. A evolução dos personagens é muito marcante. De todos eles. Porque no decorrer da história os secundários se tornam principais também. É lindo! Por isso não aceitei o final do terceiro livro. Ela deixou uma brecha enorme e mesmo depois do hangout feito pela Novo Conceito onde ela disse que não iria mais escrever, continuo achando que vem novidades por ai. Pelo menos um epílogo. Porque não me convenceu. Se não leram, corram para ler. Estou fazendo muitas pessoas começarem a leitura da série, porque ela é sensacional. Posso ficar aqui falando por horas sobre ela. Já leram? Pretendem ler? Contem-me!!! E por favor, leiam! Não irão se arrepender.


~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

18 comentários:

  1. Colaboradora Narcisista entrou na sala:

    Claro que eu tinha que comentar no post "menina dos olhos"que eu fiz. Estou orgulhosa! Sua colabora caprichou dessa vez! Demorou, mas saiu algo decente pelo menos! HAHAHAHAHHA

    Beijos sua linda <3

    ResponderExcluir
  2. hahaha adorei o post.
    Já estava me roendo de curiosidade para ler esses livros e agora ela só aumentou! Até solicitei as jackets à Novo Conceito na intenção de comprar os livros; agora vejo que preciso fazer isso, mesmo não sendo grande fã de distopias :)
    Beijo!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi =)

      Leia! Leia! Leia! Sério, é a minha trilogia favorita. Porque a autora conseguiu criar um universo mágico. É uma distopia diferente e sensacional. Os personagens são demais. Warner <3 Adam <3 Kenji <3 e todos os outros. Adoro demais essa série! UAHUAHAUHA

      Excluir
  3. Olá!

    Tenho a jacket disponibilizada pela NC e estou adoidado para começar a ler esta trilogia. Ainda mais com você elogiando tanto, até a escrita depois que se acostumou. ATÉ PORQUE É UMA DISTOPIA.
    Pena que estou sem dinheiro no momento. Quem sabe mais para frente.

    Beijos literais,
    Luiz Henrique (Luke)
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luke!!!

      Leia, leia, leia, leia! Sério! Passe todos na frente, porque a série merece. Se não fosse tão boa não seria a minha trilogia favorita <3 É incrível. Quando ler, me conte o que achou *-*

      Beijos

      Excluir
  4. Amei o post. Eu li Estilhaça-me em 2013 e fui acompanhando os lançamentos. Juro que quase morri tendo que esperar Incendeia-me. É uma das minhas trilogias favoritas. Todo mundo deve ler <3 Eu não tive problemas com os risquinhos, adorei essa características, sei lá, parece como se estivesse mesmo na cabeça da Juliette. Ah, eu queria acrescentar mais um motivo: evolução da Juliette. Na minha opinião é a maior evolução de personagem que eu já vi. Só de ler esse post, quero reler a série.
    Beijos, Isa
    http://portras-daslinhas.blogspot.com.br


    P.s.:Você é Team Adam ou Team Warner?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa =)

      AI MEU DEUS! ACHEI UMA FÃ <3 <3 <3 MIL CORAÇÕES PARA VOCÊ POR CAUSA DISSO AUHAUAHUAHAUHAUHAUA Todo mundo deve ler. Só tive problemas porque eu não enxergo assim tão bem e essa ferramenta "atrapalhou", mas depois me acostumei e a leitura fluiu. Acho que tinha sido o primeiro livro que li onde a autora usava essa ferramenta.

      Comecei sendo Team Adam, mas depois virei Team Warner <3 Adam me irritava profundamente depois =( E você??

      Excluir
  5. Quem precisa de motivo pra ler Shatter me? Só diga pra pessoa amar o Warner e odiar o Adam e tá tudo certo!

    ResponderExcluir
  6. Parece ser uma trilogia bem interessante. Agora que estou dedicando mais a leitura, com certeza vou procura-los para ler. Vlw pela indicação ! :D

    www.omundodeeulalia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. menina eu sou doida por distopias, mas ainda não tive tempo de ler essa e eu tenho todos os livros ainda por cima.
    assim que der pretendo dar uma conferida.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  8. Oi Rob, tudo bem??

    Sim... acho que todo mundo deve conhecer essa trilogia... eu comecei a ler distopias começando a trilogia Destino... que li a bastante tempo e vou reler, para poder ler o ultimo livro. Eu adoro a escrita de Mafri... ela foi magistral em todos os livros e até nos contos paralelos em e-book... fiquei completamente maravilhada com essa série que amo e sou bem suspeita em falar dela... sinceramente é uma das melhores distopias que li...adorei essa postagem claro rs... Xero!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rob,

    seu post foi tipo um tapa na minha cara dizendo: LÊ LOGO ESSE NEGOCIO E PARA DE ENROLAR, RAQUEL. Te respondo: okay, okay, vou ler, prometoooo. To doida para ler essa série, mas sempre acabo colocando outra na frente e vou deixando passar. Todo mundo fala que é maravilhosa e fico muito feliz em saber que não tem maldição do segundo livro aqui.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  10. O triângulo amoroso pra mim atrapalha sim, e muito. Mas o gênero, a história e a simpatia da autora falam mais alto (apesar de eu gostar do Adam e ela do Warner, e não tem como ganhar da autora nesse quesito). Li só o primeiro livro, me recusei a ler o restante até agora porque não vou gostar dos rumos da história, tenho certeza... rs... Mas esse ano tenho que superar isso porque preciso saber logo o restante dos acontecimentos.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Rob, tudo bem?
    Eu sei como se sente, como é a sensação de adorar uma trilogia. Adorei seu post, ficou super criativa a ideia de enumerar motivos pelos quais não podemos deixar de ler. Eu gosto muito de distopias, mas o que mais chamou minha atenção nessa história foi a autora ter se inspirado em X-mem, que sou fã de carteirinha. A personagem não poder tocar em ninguém, pois pode causar a morte da outra pessoa, acredito que foi inspirado na Vampira de X-men. Achei essa parte de ela ficar no sanatório também bem criativa. É claro que a trilogia está na lista, espero ler em breve.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie, Rob!!!!
    Sou louca nessa trilogia, mas até hoje não criei vergonha na cara pra comprar :s
    Acho as capas maravilhosas, e com seus 5 motivos, só fiquei mais ansiosa para ler.
    Eu queria poder ter dinheiro para comprar todos os livros que desejo, Snif, Snif :'(

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Rob!
    Eu li o primeiro volume dessa trilogia e ameei!
    Mas ainda não consegui ler o segundo e o terceiro volume.
    Mas acredito e até concordo com as cinco razões que você deu.
    A escrita da autora é viciante.

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  14. Oi Rob,

    Essa é uma trilogia que eu sou louca pra ler, só vejo comentários super lindos sobre a historia e eu amo distopias, acho um gênero super diferente dos quais estamos acostumados a ler, e ainda poe cima temos essas capas lindas, como não se apaixonar por uma serie dessas.

    Mayla

    ResponderExcluir
  15. Oi Rob,

    Achei fantástica esta forma de divulgar a Trilogia com suas percepções e porque não dizer paixão. Eu sempre estive um pouco resistente a ler Estilhaça-me por ser muito longa, mas não tem como não investir depois de ler este seu post.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir