21 março, 2015

Resenha: Fingindo - Cora Carmack

  Hey galera. tudo bem?

  Hoje eu vou falar do livro Fingindo, segundo livro da trilogia Losing It (resenha do primeiro livro feita pela Rob aqui). O livro vai contar para gente a história do certinho Cade, amigo da personagem principal do livro anterior - Bliss, e da louca Max.

  Esse é aquele livro mais do que perfeito para ler naquele momento "ressaca literária" - para ver os livros que eu havia selecionado anteriormente  clique aqui.

  A Cora tem aquela escrita envolvente que te "agarra", toques deliciosos de humor e sarcasmo estão presentes no livro, assim  com uma pitada do drama que todos nós adoramos...

Liga o som e aproveite a resenha :)
(essa música faz parte do repertório da Max no livro)




Ah! Importante:

  O livro pode ser lido por quem ainda não leu o "Perdendo-me" mas, aviso aos navegantes, você vai saber o rumo que a vida da Bliss levou, sinceramente não é algo que me incomoda - já que eu li "Lola e o Garoto da Casa ao Lado" antes de ler "Ana e o Beijo Francês" (e a Ana também aparece nesse livro, daí você meio que sabe o que aconteceu no livro dela) - mas avisos são sempre bem-vindos.

Livro: Fingindo (Losing It #2)
Autor: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636665
Ano: 2015
Páginas: 336
Sinopse: Por quanto tempo você consegue prender alguém? Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.



"Chorar era para momentos de muita dor, quando era preciso desabafar, livrar-se das peles mortas na alma para conseguir respirar."

Projeto gráfico:



  A diagramação e o projeto em si estão muito bons, o trabalho da Novo Conceito tem me deixado positivamente impressionada. As capitulares estão lindas, nelas vêm o nome do personagem que está narrando.


  O livro é dividido entre o ponto de vista de ambos os personagens, eu adoro como eles foram harmoniosamente separados de forma em que os personagens certos narram as partes certas. Isso faz você entender a trama na hora e da forma correta. Ponto para a escritora 

  O que eu gostei muito também é que as músicas não são traduzidas enquanto "cantadas", a tradução entra na nota de Rodapé :) Ponto para a Novo Conceito!

Personagens:


  A definição do Cade é perfeita, "(...)Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães(...)"

  Pensa naquele cara perfeito, pensou? Esse é o Cade, cara de modelo da Calvin Klein, gentil, cavalheiro, altruísta, divertido e outras coisitas más. Ele é um personagem adorável, você sente vontade de se tornar amiga e ajudá-lo a passar pela fase em que se encontra. Extremamente educado ele não sabe dizer não, o que pode ser um problema quando ele conhece a Max...

  Max, super artística, linda, tatuada e problemática... Ela só namora o tipo de cara errado, fiquei bem envolvida com ela e bem curiosa para entendê-la melhor. Max sofre "sequelas" de um drama familiar.  Ela é um espírito livre e totalmente espontânea - desde que esteja longe dos seus pais...

  Em um ato de desespero ela pede a Cade - que ela nunca viu na vida - que finja ser o namorado dela por 24 horas, mas a partir daí as coisas se complicam...


Considerações finais:


Um livros delicioso,  sexy e viciante,  que vai te dar saudade dos personagens quando você terminar de ler. Você vai pedir por mais, fato. Já estou ansiosa com o próximo lançamento da série. Uma leitura agradável que vai te divertir e entreter perfeitamente.

"Viver é difícil. E todos os dias os nossos ombros pesam mais e nós acumulamos mais bagagem. Assim, paramos e respiramos fundo, fechamos os olhos, apagamos a mente. É natural. Desde que você abra os olhos e siga em frente."

Vale lembrar que com a  compra do livro você também ajuda a fundação Abrinq ; ) #ficadica



  Eu gostei muito da leitura e super recomendo! Me conta o que você achou?

Beijos e até a próxima!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

Um comentário:

  1. To super afim de conhecer melhor essa trilogia, já vi muitas resenhas sobre ela e adorei.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir