13 abril, 2015

Resenha: Amaldiçoado/O Pacto | Joe Hill

Hey, Meus queridos. Tudo bem?

Saudade de passar por aqui.

Eu acredito que essa semana será bem mais tranquila que a passada... (Eu acredito em fadas, acredito, acredito!)  - ehehe

Hoje nós vamos falar do Livro "O Pacto" que com o lançamento do filme virou "Amaldiçoado" do escritor Joe Hill. - #Fiquesabendo ele é filho do King ;)

Este é um livro que fala de forma bem "Crua". Ele é Cruel, sincero e pode te deixar assustado, mas pode te fascinar também ;)


ISBN-13: 9788580413595
ISBN-10: 8580413591
Ano: 2015 / Páginas: 320
Idioma: português 
Editora: Arqueiro

 Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Além disso, descobre algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. 
Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim.






PERSONAGENS E NARRATIVA

Temos muitos personagens nessa trama.
Temos o Ig como personagem principal. Um ano após o assassinato de sua namorada ele acorda com chifre, a partir de então todas as pessoas que encontram com ele começam a contar todas as verdades mais profundas e sórdidas que existem em seu ser...

Temos Lee Tourneau que é um dos amigos de infância de Ig e Merrin. O Irmão do Ig, Terry. Glenna que também conhece Ig desde a infância e um pouco das nuances de Merrin a partir dos flashbacks.

Os personagens são bem construídos e bastante interessantes. Os mais "explorados" são os que aparecem acima. O livro é narrado em terceira pessoa o que nos possibilita conhecer melhor a essência dos outros personagens. Também ficamos sabendo o que aconteceu a eles através do que Ig "vê" através do toque. Um dos seus "superpoderes".

PROJETO GRÁFICO

Não achei nada demais. Eu preferia a capa original, mas eu nem achei essa capa tão feia quanto outras de filme que temos por aí.


CONSIDERAÇÕES FINAIS

No geral eu gostei, Mas o livro é totalmente diferente do que eu imaginava, inclusive o final.
Eu me deliciei lendo esse livro, parece meio macabro né,rs. Mas eu adorei o sarcasmo e todas as críticas que ele tem.
Eu demorei a pegar o ritmo do livro, e na verdade ele não tem um ritmo muito rápido...
Ele tem umas cenas bem difíceis de digerir, mas para quem leu e se nauseou com o Clube da Luta, foi moleza!.. Não é um livro leve e acredito que os mais religiosos não vão curtir muito.
O livro faz você questionar a natureza humana e muitas outras coisas pelo caminho.
Ele traz um misto de terror, suspense, drama e até um pouco de romance. A estrela a menos se deve ao fim do livro, nele você "escolhe" no que acredita.
No mais, achei um livro excelente, os flashbacks são bem inseridos no contexto e te explicam o que aconteceu antes e resultou no presente.


Beijos e até a próxima!

~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

11 comentários:

  1. Que livro em, que história
    ser incriminado e ainda
    a família virar as costas é o fim
    já estou querendo ler

    Linda Semana!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
  2. Sou fã de sarcasmo...mas a temática não me agradou.
    Obrigada pela resenha e objetividade na descrição...Parabéns!
    Blog ArroJada
    Divulgação de Blogs

    ResponderExcluir
  3. Quer dizer que o livro não é macabro?
    Jurava que era, menina... Bom saber!
    Gosto do tom sarcástico na literatura, imaginei que não iria gostar do livro, mas estou repensando com esses elementos que você trouxe.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sou louca pra ler algo do JH, que é um grande aprendiz do King.
    Esse estilo de horror mental me desperta muito interesse, misturado a sarcasmo então.
    Eu deliro!
    Beijos, Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  5. Parece legal, nunca tinha ouvido falar desse livro. Admito que não li nada muito macabro na minha vida. kkkk
    Mas ouço documentários e assisto filmes, serve?
    Mas gostei, leria com certeza.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Interessante, ja tinha visto o livro mas nunca ouvi falar algo sobre ele, deve ser muito bom. Mistperiose misterios no desenrolar da trama.
    Blog Com Mãos de seda ✿✿Fan Page do Blog ✿✿ Grupo do Blog

    ResponderExcluir
  7. Bem, eu sou a fim de ler algo de Hill, e confesso que ele ser filho de King ajudou mt na decisão rsrssr
    Acho que vou gostar da leitura de Amaldiçoados. Adorei a capa dele. Me peguei pensando em acordar com chifres algum dia e ninguém me olhar torto por isso kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Olá May! Está aí um estilo que não me agrada, e que com certeza não leio. A capa é bem legal, a sinopse é interessante, mas o estilo eu passo a vez................. bjs
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nada desse autor, mas tenho curiosidade em conhecer esse livro, pois vi comentários sobre como ele é bom, acho que seria uma leitura bacana para mim, embora seja bem diferente do que costumo ler e não tenha um ritmo muito rápido.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Realmente é assustador rsrsr
    mas como todo livro tem suas partes encantadoras
    muito boa resenha
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi, May!
    Quando vi o livro pensei que ele fosse exclusivamente de terror, daquele tipo que me deixaria acordada por dias. Confesso que decepcionei um pouco. Mas no geral achei a história interessante e leria por conta das críticas com certeza.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando: Livre-se você também!

    ResponderExcluir