10 agosto, 2015

Primeiras impressões: Dez coisas que aprendi sobre o Amor

Livro: Dez coisas que aprendi sobre o Amor
Autor: Sarah Butler
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581637778
Ano: 2015
Páginas: 256
Sinopse: Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?


  A Editora Novo Conceito enviou para alguns blogueiros uma degustação de Dez Coisas que aprendi sobre o amor, com os primeiros quatro capítulos e pediu que nós falássemos sobre nossas primeiras impressões sobre o livro. Então vou falar sobre o que achei dos primeiros quatro capítulos de Dez coisas que aprendi sobre o amor.

  Bom, acho que vocês sabem que eu não costumo ler sinopses dos livros. Normalmente eu caio de cara na leitura sem saber muito sobre o que o livro se trata, e com os primeiros capítulos de Dez coisas que aprendi sobre o amor não foi diferente. Peguei a degustação para ler sem saber sobre o que o livro falava. Minha primeira impressão sobre a capa é que ela é muito bonita e nos remete uma história emocionante, acho que acertei sobre isso.

  A narrativa do livro começa com Alice, uma mulher de 30 anos, que prefere ficar viajando do que ficar perto da família, mas ela é "obrigada" a voltar para casa por causa que seu pai está muito doente, e as irmãs, que cuidam do pai, temem o pior.

  No capítulo seguinte, somos apresentados a um homem, que descobri depois da leitura, onde fui obrigada a ler a sinopse, que ele se chama Daniel. Daniel é um mendigo que está atrás da filha que ele nunca conheceu.

  O que esse dois tem em comum? Segundo a editora e a sinopse, é o amor. Mas esse "amor" não deu para perceber nos primeiros quatro capítulos. O que eles tem em comum também é o fato de fazerem lista. No começo de cada capítulo, os personagens fazem uma lista de 10 coisas sobre determinado "tema".

  A leitura e a narrativa são bem fluídas e tenho a impressão que esse livro é daqueles que fazem derramar algumas lágrimas. A diagramação, pelo que pude perceber pelo o e-book, está muito fofa e muito bonita. Gostei bastante da capa.

 Fiquei muito curiosa para terminar a leitura, espero fazer isso em breve! E aí, o que vocês estão esperando para esse lançamento da editora?

  E a editora pediu para cada blogueiro fazer uma lista de 10 coisas que aprendemos sobre o amor. Então aqui está a minha:

  1. Amar é inevitável;
  2. Amor de mãe e pai é para sempre;
  3. Nem tudo o que amamos é o melhor para nós;
  4. Gostar é diferente de amar;
  5. Amar é querer o melhor para a pessoa, mesmo que ela não esteja com você;
  6. Querer controlar alguém só porque você a ama, não é legal;
  7. Amar é tão bom;
  8. Ciúmes demais não é bom;
  9. Te amo é uma palavra tão forte, não saía dizendo se você não ama realmente;
  10. Em primeiro lugar, ame a si mesmo;
Beijos e até mais!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário