07 novembro, 2015

Resenha: Legna - Alexandre Apolca

Livro: Legna
Autor: Alexandre Apolca
Editora: Dracaena
ISBN: 978-85-8218-011-2
Ano: 2012
Páginas: 496
Sinopse: Este livro conta a história de Legna Philps, uma garota que larga sua pacata vida em Miami para viver em Paris, onde ela começa um grande romance com Sayed Nasser, um garoto conhecido pela internet. Com o passar do tempo, ela percebe que ele não é normal! Sayed a abandona sem nenhuma explicação, a partir disso, ela cai numa profunda depressão. Em meio à melancolia, ela descobre que ele não é humano e logo em seguida o destino a faz descobrir o motivo do sumiço dele, eles estavam cometendo um caso de incesto. Legna fica perturbada e tenta o suicídio, passa a usar drogas, e começa a ter distúrbios psicóticos; mas o destino a revela que o caso de incesto não passava de uma mera confusão e ela começa a procurar Sayed. Eles voltam a viver um intenso e irreal romance, Sayed não precisa mais esconder que se trata de um milenar alquimista nascido em Atlântida. Ironicamente, Legna descobre que ela também não pertence a este mundo.

E aí, pessoal! Tudo bem com vocês?

Hoje temos uma resenha negativa. Fico triste por dizer que não gostei do livro, mas é a vida.

Após a leitura, me preparei para a resenha, mas uma pergunta veio: Como fazer a resenha de um livro que do qual não gostei? Tenho um blog também, e a intenção é falar sobre as minhas leituras. Quero ser a mais sincera possível e falar realmente o que eu penso dos livros que leio, sem ofender o livro nem o autor. Quero me sentir livre para opinar o que eu realmente achei de uma obra e o que, para mim, foram os pontos negativos dela, mesmo que na minha visão só tenha pontos negativos sempre que achar necessário. Será que isso é ofender? Do que adianta eu vir aqui no blog escrever coisas maravilhosas de um livro e pessoalmente falar "mal" para meus amigos?


Aí tu me perguntas: Lê se estava ruim o livro por que leu até o final? Te respondo: por que eu detesto largar livros pela metade. Quero poder explicar o motivo de eu não ter gostado. Pode parecer loucura, mas sou assim. Mania, sabe como é?!

Eu prometo explicar por que não gostei e quero que vocês que leram se sintam a vontade para falar sobre suas opiniões sobre o livro e talvez me mostrar algo que eu não tenha visto. Estamos aqui para trocar ideias!

Vamos ao livro! 


Resolvi não fazer o resumo com as minhas palavras que sempre faço, pois a própria sinopse já é um resumo e não quero me tornar repetitiva.

Gosto muito de romances! E quando tem fantasia junto gosto mais ainda, porém, para um livro me ganhar preciso ter empatia com a personagem principal. O que, infelizmente, não foi o caso. A protagonista, Legna, é uma chata, por favor! Ela só reclama, nada está bom para ela. Desde o começo da narrativa, ela já esta de saco cheio de tudo. Outra coisa que me incomodou é que o dia a dia da Legna é narrado nos mínimos detalhes, deixando a história muito longa.

Me senti perdida em alguns momentos do livro, achei que podia ter deixado passar alguma coisa quando me deparei com a seguinte frase: "As minhas suspeitas de Sayed não ser humano agora faziam sentido...". Para mim, o que não fez sentido foi essa frase, pois em nenhum momento ela deu a entender que estava desconfiada de que ele não era humano. Outra, quando ela vai até ao apartamento dele e encontra muitas fotos dele: "...era por isso que ele insistia tanto em me fotografar durante nosso passeios...". Mais uma vez eu fiquei boiando, pois nenhuma menção a este fato tinha sido feita antes. Aliás, os momentos em que Legna e Sayed passam juntos são pouco explorados. Achei muito superficial, apesar do amor incontrolável que sentem um pelo outro.

Há muitas referências homossexuais na história. No meu ver, quase todas preconceituosa. Quando ela vira Thayza, que é a parte mais chata do livro para mim, a palavra lésbica aparece várias vezes, não sei o porque disso no livro. Super chato!


O relacionamento dela com os pais é problemático, mas não vi problemas, isso tem bastante por aí. Além de Sayed, há dois colegas/amigos que estão apaixonados por ela. Não sei quem era mais chato ela ou eles.

Na história dos alquimistas, quando é revelada, tudo é muito mecânico. Não me pareceu que ela estava surpresa com nada. E é claro não gostei do final.

Fui muito má? Pessoal, por favor não briguem comigo! Mas eu precisava colocar todo esse sentimento para fora! Apesar de tudo, acho que valeu a leitura. Aprendi a reparar em alguns detalhes a mais nos livros. Aprendi a ser mais crítica e exigente!

Não desaminem, pessoal! Se vocês quiserem ler o livro, mesmo depois de ler a minha resenha, procurem por outras. Têm muitas resenhas favoráveis sobre Legna por aí. Eu mesmo li algumas, a maioria do pessoal gostou do livro!


Beijos!








~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

2 comentários:

  1. Não conhecia mas gostei da resenha
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia
    Convido-te a participar Giveaway
    Novo Giveaway

    ResponderExcluir
  2. Ixii, que ruim fazer resenha negativa né? Principalmente quando o autor é nacional.
    Sempre fico de cara em situações assim, pois sei como é prejudicial. Uma pena.

    Não tinha ouvido falar do livro ainda e sua resenha não foi nada motivadora hahaha

    Beeijo
    http://resenhandosonhos.com

    ResponderExcluir