10 outubro, 2016

Resenha: O Circo Mecânico Tresaulti - Genevieve Valentine

Livro: O Circo Mecânico Tresaulti
Autor: Genevieve Valentine
Editora: DarkSide Books
ISBN: 978-85-66636-80-2
Ano: 2016
Páginas: 320
Sinopse: Respeitável público, sejam bem-vindos ao incrível Circo Mecânico Tresaulti, o lugar para quem acredita no mundo mágico que nos rodeia. Permita-me conduzi-lo por uma viagem única através da luz e das sombras onde descobriremos juntos uma nova forma de ver tudo e a todos. Onde não existe limite entre o picadeiro e a plateia, onde tudo é real e o único limite é a nossa vontade de sonhar. Em pleno cenário pós-apocalíptico, O Circo Mecânico Tresaulti ergue sua lona e dá início ao grande espetáculo. Ambientado sobre a perigosa superfície de um mundo devastado, cheio de bombas e radiação remanescentes de uma guerra pela qual todos já saíram derrotados, esse belo romance nos apresenta uma caravana circense em eterna viagem através de muitas cidades sem país, região ou rota definida. Lugares que podem não mais existir quando o circo retornar. Aqueles que se juntam ao circo procuram trabalho sem risco de vida, segurança ou apenas uma nova forma de recomeçar. E seguir adiante, apesar de tudo. Através de imagens surpreendentes, a autora nos conduz por um realismo mágico com um toque da beleza steampunk, uma combinação inusitada que cria a atmosfera perfeita para personagens comoventes e de grande força poética. Fãs tanto de clássicos como Melville (Moby Dick), Frank L. Baum (O Mágico de Oz) e das fábulas dos Irmãos Grimm quanto de autores contemporâneos como Margaret Stoh, Kelly Link, Kami Garcia e Erin Morgenstern vão se apaixonar pela prosa cheia de mistério da jovem e talentosa escritora Genevieve Valentine, que com este seu primeiro romance foi indicada ao Prêmio Nebula, um dos mais importantes dedicados à literatura fantástica. Aprecie esse peculiar espetáculo!

  O Circo Mecânico Tresaulti é uma fantasia steampunk que nos apresenta um mundo pós-apocalíptico devastado pela guerra. E é no meio desse caos que a trupe d'O Circo Mecânico Tresaulti entra em cena para tentar levar um pouco de alegria para as pessoas que foram afetadas de algum modo por esse cenário de destruição.  Mas O Circo tem algo de diferente. A trupe é metade humana e metade mecânica e O Circo nunca passa duas vezes na mesma cidade.

  O circo é comandado pela Boss, uma mulher forte e valente que tem um poder sobrenatural. Ela consegue modificar as pessoas que fazem parte do seu circo, dando-lhes ossos e/ou órgãos de cobre, seja por necessidade ou simplesmente para que a pessoa tenha um melhor desempenho nas suas tarefas dentro do circo.

"Bem-vindos ao Circo Mecânico Tresaulti", você aplaude como se sua vida dependesse disso, sem saber por quê."

  No meio dessa trupe, conhecemos também Little George, que é um dos ajudantes de Boss e um dos únicos que não possui alguma parte mecânica, apesar de desejar. Outra coisa que envolve o misterioso circo é sobre outros artistas quererem descobrir o segredo que envolve as asas que ficam penduradas na oficina da Boss, que foi de outro integrante do grupo. 

  Mas Boss sabe que não deve chamar a atenção dos governantes para o Circo, pois isso poderia causar muitos problemas para ela, pois as poderiam usar os poderes dela para o mal. Mas quando um governante aparece dizendo que é a segunda vez que vê a apresentação, Boss sabe que não tem saída e que fugir não é uma opção, então ela tem que encarar e tentar descobrir uma forma de se livrar dessa confusão.


  Eu já queria ler este livro desde o lançamento da edição de brochura, mas só tive a oportunidade de lê-lo esse ano com essa edição de luxo maravilhosa. E para quem não costuma ler livros steampunk, esse foi uma ótima oportunidade de conhecer o gênero.


  O livro tem uma narrativa não linear, que fica indo e voltando no presente e passado. Boa parte do livro é narrada pelo ponto de vista do Little George, que é uma narrativa em primeira pessoa. E também temos alguns capítulos narrados em terceira.


  Comecei o livro e logo me senti um pouco perdida, pois além da narrativa não linear, no começo do livro não sabemos quem está narrando, e isso acabou me incomodando um pouco e também tornou a leitura arrastada. Mas isso não tira o prazer da leitura, o leitor só deve ter um pouco de paciência, pois com o passar das páginas, começamos a pegar o jeito da narrativa e logo nos acostumamos.

  Mas algo que não posso reclamar é da construção da história e dos personagens. O cenário que é descrito no livro é muito detalhista e não tem como não se vê encantado com isso. Outro ponto forte do livro são os personagens, principalmente as personagens femininas, que são muito forte e determinadas.


  O livro também traz uma mensagem linda de amor e de companheirismo, além de que o circo deve continuar apesar de todas as coisas que possam acontecer. Recomendo a leitura, mas só peço não desista caso você sentia que a leitura não está andando, pois o livro vale muito a pena.

  A edição de luxo do livro está absolutamente espetacular, não tem como não se encantar com as ilustrações que aparecem durante a história. Posso dizer também que a edição de brochura é linda!

Beijos e até mais!






~ Não esqueça de seguir nossas redes sociais ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário